50 perguntas #5 | Por um mundo melhor

12 de fevereiro de 2017

50 perguntas #5

50 perguntas #5: Qual é a única coisa que você mais gostaria de mudar em relação ao mundo?

O difícil da pergunta dessa semana é que tenho muitas opções de resposta. Concordam comigo? Gente, tem tanta coisa que eu gostaria de mudar em relação ao mundo que não consigo escolher a mais importante ou a que faria uma maior diferença, pois seria injusto com todas as outras opções.

Na verdade não sei bem qual o sentido de “mundo” que essa pergunta está querendo dar. Não sei é o sentido de mundo como espaço, natureza, planeta. Ou se é o sentido de mundo, como algo metafórico para as relações humanas, um caráter mais social, eu diria?

Bom, vou responder como veio a resposta na minha cabeça logo assim que li a pergunta.

Se eu tivesse que escolher a única coisa eu gostaria de mudar no mundo, seria sobre empatia.

Empatia: “capacidade de se identificar com outra pessoa, de sentir o que ela sente, de querer o que ela quer, de apreender do modo como ela apreende etc”

Vocês não acham que se as pessoas praticassem a empatia o mundo seria bem diferente do que é hoje? Bom, eu acho!

Nunca, nunca conseguiremos entender os anseios, as necessidades, angústias, sonhos e frustrações do outro. Mas tentar se colocar no lugar do próximo, tentar ver o mundo a partir da visão que ele a partir da realidade em que vive, é meio caminho para que consigamos encontrar a tão desejada paz mundial.

Sei lá, praticar a empatia é algo que tento sempre fazer em minha vida. Eu vejo a partir da minha perspectiva, que não é a mesma do minha vizinha de porta. Mas tento ver as coisas a partir do angulo dela e assim consigo pelo menos ver porque ela pensa de uma maneira ou outra.

Eu acredito muito na empatia. No ~puta~ (desculpem-me a expressão) conhecimento que ela pode dar para os praticantes.

Sejam empáticos vocês também. Garanto, faz um puta bem (desculpem-me, de novo!)


Mil beijos e até mais!

Esse post faz parte do Projeto 50 perguntas que irão libertar sua mente. Caso tenha interesse em conhecer outras perguntas publicadas e as minhas respostas, clica aqui

Veja também

2 comentários no blog
comentários pelo Facebook

  • Reply Larissa Zorzenone 12 de fevereiro de 2017 at 14:22

    Karin essa é a mesma resposta que eu daria. Acho que toda mudança deve começar com a gente. Assim, outras pessoas irão ver que somos diferentes e mudarão também, e quem sabe assim, aos poucos, o mundo todo não se torna um lar melhor pra viver?
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco

  • Reply Natascha Soranso 19 de fevereiro de 2017 at 01:32

    Mais ou menos na mesma vibe.
    O mundo é feito de pessoas e é apenas o reflexo delas. Se as pessoas mudarem o mundo muda. Parece clichê, mas considero muito real.
    Vale muito cada um fazer a sua parte. Nossas atitudes no bem podem não mudar todo mundo, mas vai afetar positivamente o mundo de alguém. Clichê de novo, mas não consegui evitar, hehehe.

    Bjs

  • Deixe uma resposta para Larissa Zorzenone Cancel Reply