Projeto Clássicos Literários do Recorte Cultural

6 de fevereiro de 2012

Clássicos Literários do Recorte Cultural

Há alguns anos atrás, fiz uma lista com vários livros que eu gostaria de ler. Na verdade, eu copiei a lista. Ela era uma indicação do apresentador Michel Melamed em seu programa Recorte Cultural (TV Brasil). Ela estava disponível online, copiei e colei. Por um bom tempo eu fiquei com ela colada em meu armário. Com as arrumações e a mudança para São Paulo, acabei perdendo a lista. Mas meu querido amorzinho a fotografou para ter sempre por perto e saber qual livro me dar em datas especiais (ou não!) [o que não aconteceu ainda].

Mês passado, arrumando as fotos do computador, encontrei a danada da lista (em forma de foto!). Fiquei super feliz porque agora poderei ler os tais livrinhos. A listagem sugere a leitura de 100 grandes clássicos da literatura mundial de diversos autores. Alguns já conhecia por nome, porém outros nunca havia ouvido falar.

Por conta disso, decidi criar o Projeto Clássicos Literários do Recorte Cultural. A ideia é ler todos os livros sugeridos nessa lista (ou pelo menos uns 50%).

  1. 1984 – George Orwell (1949)
  2. A Cidade e as Serras – Eça de Queiroz (1901)
  3. A Colméia – Camilo José Cela (1951)
  4. A Condição Humana – André Malraux (1933)
  5. A consciência de Zeno – Italo Svevo (1923)
  6. A Estrada de Flandres – Claude Simon (1960)
  7. A Invenção de Morel – Adolfo Mioy Casares (1940)
  8. Laranja Mecânica – Anthony Burgess (1962)
  9. A Modificação – Michel Butor (1957)
  10. A Montanha Mágica – Thomas Mann (1924)
  11. A morte de Artemio Crus – Carlos Fuentes (1962)
  12. A morte de Virgilio – Hermann Broch (1945)
  13. A náusea – Jean-Paul Sartre (1938)
  14. A Peste – Albert Camus (1947)
  15. A Sangue Frio – Truman Capote (1966)
  16. À Sombra do Vulcão – Malcolm Lowry (1947)
  17. A Tigela dourada – Henry James (1904)
  18. A Vida: Modo de usar – Georges Perec (1978)
  19. Absalão, Absalão – William Faulkner (1936)
  20. Admirável Mundo Novo – Aldous Huxley (1932)
  21. América – Franz Kafka (1927)
  22. Ao Farol – Virginia Woolf (1929)
  23. Aquela Confusão Louca da Via Merulana – Carlo Emilio Gadda (1957)
  24. As asas da Pomba – Henry James (1902)
  25. As Vinhas da Ira – John Steinbeck (1939)
  26. Auto da Fé – Elias Canneti (1935)
  27. Berlin Alexanderplatz – Alfred Döblin (1929)
  28. Cavalaria Vermelha – Isaaac Babel (1926)
  29. Cem Anos de Solidão – Gabriel Garcia Márques (1967)
  30. Cidades Invisíveis – Italo Calvino (1972)
  31. Complexo de Portnoy – Philip Roth (1969)
  32. Coração das Trevas – Joseph Conrad (1902)
  33. Don segundo sombra – Ricardo Güiraldes (1926)
  34. Doutor Fausto – Thomas Mann (1947)
  35. Doutor Jivago – Boris Pasternak (1957)
  36. Em busca do Tempo Perdido – Marcel Proust (1913-27)
  37. Enquanto Agonizo – William Faulkner (1930)
  38. Finnegan’s Wake – James Joyce (1937)
  39. Fogo Pálido – Vladimir Nabokov (1962)
  40. Fontamara – Ignazio Silone (1930)
  41. Grande Sertão: Veredas – Guimarães Rosa (1956)
  42. Herzog – Saul Bellow (1964)
  43. Jean Christophe – Romain Rolland (1902 -12)
  44. José e seus irmãos – Thomas Mann (1933-43)
  45. Judeus sem Dinheiro – Michael Gold (1930)
  46. Lolita – Vladimir Nabokov (1958)
  47. Lord Jim – Joseph Conrad (1900)
  48. Luz em Agosto – William Faulkner (1932)
  49. Macunaíma – Mário de Andrade (1928)
  50. Malone Morre – Simon Beckett (1951)
  51. Memorial do Convento – José Saramago (1982)
  52. Memórias de Adriano – Marguerite Yourcenar (1951)
  53. Molloy – Simon Beckett (1951)
  54. Morte a crédito – Louis- Ferdinand Céline (1936)
  55. Mrs. Dalloway – Virginia Woolf (1925)
  56. Nós – Evgueni Ivanovitch (1924)
  57. Nostromo – Joseph Conrad (1904)
  58. O Amante de Lady Chatterley – D.H. Lawrence (1928)
  59. O anão – Pär Lagerkvist (1944)
  60. O Apanhador no Campo de Centeio – J.D. Salinger (1951)
  61. O bosque das ilusões perdidas – Alain Fournier (1913)
  62. O Castelo – Franz Kafka (1926)
  63. O Ciúme – Allain Robbe-Grillet (1957)
  64. O Deserto de Tártaros – Dino Buzzati (1940)
  65. O Estrangeiro – Albert Camus (1942)
  66. O Grande Gatsby – Scott Fitzgerald (1925) (Resenha)
  67. O Homem sem qualidades – Robert Musil (1930-43)
  68. O imoralista – Andre Gide (1902)
  69. O Inominável – Samuel Buckett (1953)
  70. O Jogo da Amarelinha – Julio Cortázar (1963)
  71. O Jovem Törless – Rober Musil (1906)
  72. O Leopardo – Tomaso di Lampedusa (1958)
  73. O Lobo da Estepe – Herman Hesse (1927)
  74. O Mestre e a Margarida – Mikhail Ulgakóv Afanasevitch (1940)
  75.  O processo – Franz Kafka
  76. O Quarteto de Alexandria – Lawrence Durrel (1957-60)
  77. O Século das Luzes – Alejo Carpentier (1962)
  78. O Senhor Presidente – Miguel Ángel Asturias (1946)
  79. O Som e a Fúria – William Faulkner (1929)
  80. O Tambor – Günter Grass (1959)
  81. O Visconde Partido ao Meio – Italo Calvino (1952)
  82. Orlando – Virginia Woolf (1928)
  83. Os Cadernos de Maltes Laurids Bridge – Rainer Maria Rilke (1910)
  84. Os cus de Judas – Antonio Lobo Antunes (1980)
  85. Os Embaixadores – Henry James (1903)
  86. Os Moedeiros Falsos – Andre Gide (1925)
  87. Os Thibault – Roger Martin Du Gard (1921-40)
  88. Paraíso – Jose Lezama Lima (1960)
  89. Paralelo 42 – John dos Passos
  90. Passagem para a Índia – E. M. Forster (1924)
  91. Pedro Páramo – Juan Rulfo (1955)
  92. Retrato do Artista quando Jovem – James Joyce (1917)
  93. Revolução do Bichos – George Orwell (1945)
  94. Santuário – Willian Faulkner (1931)
  95. Satã em Gorai – Isaac B. Singer (1934)
  96. Trópico de Cancer – Henry Miller (1934)
  97. Ulisses – James Joyce (1922)
  98. Uma Tragédia Americana – Theodore Dreiser (1925)
  99. Viagem ao fim da noite – Louis- Ferdinand Céline (1932)
  100. Zazie no Metrô – Raymond Queneau (1959)

Tenho muita vontade de ler todos os livros, mas sei que seria insano conseguir, então nada de promessa. Acho que essa lista ainda não é uma ideal, mas acredito que ela traz muitas obras importantes da literatura e que são pouco exploradas ou conhecidas. Tem alguns livros que já fiz a leitura e deixei o link para a resenha. Conforme eu for lendo novas obras, coloco o link para quem tiver interesse sobre a minha experiência de leitura.

A lista não está mais disponível no site (aliás, o site não existe mais!, nem o programa). Mas futucando a internet encontrei uma página super legal: o Internet Archive.  É um site que dá para visualizar páginas de sites antigos.

Trata-se de um site que funciona como museu virtual: ele cataloga páginas eletrônicas desde 1996 e as exibe aos visitantes.

Por causa disso consegui ter uma visualização da lista em seu lugar original nesse link aqui.

Fiquem à vontade em copiar a lista e se já tiver lido algum pode indicar, quem sabe até me emprestar (com certeza, alguns vou ter dificuldade de encontrar!). ~só conversarmos~


Mil beijos e até mais!

Veja também

6 comentários no blog
comentários pelo Facebook

  • Reply Babi Lorentz 6 de fevereiro de 2012 at 11:30

    A lista é realmente interessante pra quem quer ler algum clássico. Não li nenhum da lista e só conheço alguns. Já tenho 1984 e pretendo ler em breve.
    Adorei a dica.
    Beijão

  • Reply Danielle 6 de fevereiro de 2012 at 17:28

    Nossa Karen,uma super dica esse post,uma coisa é certa,quanto mais a gente lista o que leu ou que quer ler e a lista não tem fim…engraçado.Isso é bom e válido para o nosso crescimento acadêmico e pessoal também.Ah confesso que me senti um pouco órfã com o fim do programa do Michel(tudo de bom).
    Beijo,boa semana e ótima leituras!

    • Reply Karin 6 de fevereiro de 2012 at 17:34

      O programa era maravilhoso. Adorava a forma como era apresentava. Um ótimo programa.
      Mas a minha lista não tem fim. E acho que nunca vai ter.

  • Reply Marinez Teixeira 15 de julho de 2015 at 17:46

    Muito boa a sua lista! Acrescenta alguns livros de Agatha Christie, vc vai amar!
    Ela tem praticamente 100 títulos, já li a metade. São emocionantes! Ela é genial!
    Tem os de June Austin, e vários outros…..
    Sou sua colega de profissão, Bibliotecária aqui em Recife -PE.
    Abraços,
    Marinez

    • Reply Karin de Oliveira 15 de julho de 2015 at 18:42

      Obrigada pelo carinho, Marinez!!!
      Que bom que é bibliotecária, fico tão feliz quando vejo pessoas dedicadas a essa profissão por aí!!!

      Mil beijos!

  • Reply 101 Coisas em 1001 Dias - Prateleira de Cima 2 de março de 2017 at 14:00

    […] 89 – Ler pelo menos 5 livros da lista “Livros que deveríamos ler“. […]

  • Deixe seu comentário