Drops da Prateleira Março 2018

1 de Abril de 2018

Ahhhhh pessoas! Quanto tempo eu não faço o drops por aqui né? Pois é!

Na verdade desde setembro que eu não escrevo por aqui. Na verdade, tem um post aqui nos rascunhos que seria um post bem resumão contando sobre o que aconteceu na minha vida nos últimos meses, mas aí a cada mês que passava ele ficava maior e parecia mais uma retrospectiva do que um resumo mensal/diário. E juntou ainda com os videos de Document my life que eu acabei largando de lado também, porque, bem, não tinha muita coisa para mostrar sobre o meu dia a dia.

Um banho tomado, um rosto inchado e um banho de sol da janela do quarto

Março foi um mês tranquilo e bem produtivo. Fiz a extração de 2 sisos o que me rendeu duas sexta-feiras aproveitando a minha própria companhia e fazendo quase nada além de ver série e ler livros. Comprei livros na promo da Saraiva. Tomei muita chuva nesse mês de março bem quente e chuvoso (águas de março que fala, né!). O trabalho foi puxado, mas nada fora do normal. Reencontrei amigos literários em evento de editora. Finalmente coloquei filmes fotográficos para revelar e descobri que todos estavam “virgens” Recebi a visita de amigos de Brasília e fiz um dia de turista pela cidade. E o mês finalizou com o feriadinho e a visita da sogrinha aqui em casa.

Além disso, meus dias também foram preenchidos com algumas coisas corriqueiras e não tão corriqueiras assim:

ASSISTINDO – No quesito séries de TV e filmes, as coisas andam muito o mais do mesmo. Por aqui está rolando Gilmore Girls e Party of Five. Terminei a segunda temporada de The Crown e já com saudades e querendo novos episódios para ontem.

LENDO – Acho que bati o meu recorde de número de livros lidos em 30 dias nesse mês de março. Eu nem vou enumerar eles aqui porque teria que ser um post só sobre isso. Porém, vocês podem conferir minhas leituras lá no Skoob ou no Goodreads. Posso dizer que teve muito livro de poesia e livros das parcerias que tenho com algumas editoras. Estou amando essa minha fase super leitora.

OUVINDO – o de sempre ou o que está no Ipod (preciso trocar as minhas músicas de lá). Mas descobri duas cantoras que tenho ouvido muito: a primeira é a Marika Hackman que já falei muito nas minhas redes sociais. Ela foi uma descoberta ocasional no Spotify (já falei sobre a minha adoração por essa rede) que amei ter feito; a segunda foi a Mogli, que vi no Stories da Gabi e me apaixonei de cara. Corri para conhecer mais e agora não paro de ouvir. Tenho ouvido muito Radiohead também por conta do show que vou no final de abril.

Sim, o ano está passando rápido e já se foram os 3 primeiros meses. Nem vou me abalar com a velocidade do tempo porque se não vou entrar em parafuso. Ainda bem que abril chegou para poder desfrutar de uns dias de descanso/férias.


Mil beijos e até mais!

Veja também

Nenhum comentário no blog
comentários pelo Facebook

Deixe seu comentário