Li da biblioteca

23 de agosto de 2016

Li da biblioteca

Olá pessoal!

A ideia desse post já estava na minha mente há muito tempo. Acho que desde que comecei a trabalhar em uma biblioteca.

Para quem não sabe tem uns 2 anos que trabalho em uma biblioteca de uma instituição de ensino. Diferente do que acham, lá tem muito mais livros técnicos, para estudo, do que livros para lazer. Mas dos poucos livros que tem para leitura e lazer, há vários que na minha lista de livros para ler.

Diferente do que muita gente acha ou acredita, quem trabalha em biblioteca não lê no local de trabalho. Pois, gente, NÃO DÁ TEMPO e LUGAR DE TRABALHO NÃO É LUGAR PARA LER (a não ser que você seja um editor e seu trabalho seja ler livros)! Há muito trabalho a ser feito por trás de um balcão de atendimento e dentro das salas de processamento técnico. Então eu pego os livros emprestados e vou lendo pelo caminho ou na minha própria casa.

Sempre serão resenhados 3 livros, contando de forma rápida sobre a minha experiência de leitura. A ideia é trazer sugestões bacanas de leitura e que são possíveis de encontrar em uma biblioteca da escola, do bairro, da universidade ou qualquer biblioteca que ofereça serviços de empréstimo. Vamos as resenhas desse primeiro, Li da Biblioteca:

As viagens de Gulliver, de Jonathan Swift

Queria conhecer o famoso livro do Swift. Esse livro é muito mais do que a única parte que muitas pessoas conhecem quando se trata da obra:  a primeira viagem de Gulliver até a terra dos “homenzinhos”, conhecidos como Lilliputs (já teve até filme). O livro é dividido em 4 partes e cada uma delas retrata uma das viagens. A história é uma grande metáfora do Swift em relação a Inglaterra e as relações sociais no século 18 (não sei escrever em número romano, gente). O início começa bem interessante, mas depois fica arrastado. Acho que a parte mais agradável na leitura (e na metáfora) foi a viagem até o País de Houyhnhnms.

O dia do Curinga, de Jostein Gaarder

Quem não sabe, Jostein Gaarder é um autor do famigerado livro O mundo de Sofia (que eu ainda não li). O dia do curinga foi um livro que não esperava muito mais me surpreendeu. O livro é uma fantasia que retrata a busca de si, dos valores e da sua história. É descobrir quem é você e os que te cercam. Gaarder envolve o leitor com a trama e o mistério, além de nos fazer refletir sobre nosso papel no mundo.  Se você gostou ou não gostou da leitura de O mundo de Sofia, recomendo ler esse livro.

O Conto da Ilha Desconhecida, de José Saramago

O livro é um conto mesmo. Bem curtinho. Peguei emprestado, pois queria ler algo rápido, tipo em uma viagem de ônibus para casa. E esse foi o tempo que levei para lê-lo (até menos). É uma história simples com uma reflexão bem interessante. O conto narra a história do homem que acredita que há uma ilha a ser descoberta e pede ao rei uma embarcação para ir até ela. O texto é cheio de metáforas sobre o mundo e os homens.


Mil beijos e até mais!

Veja também

3 comentários no blog
comentários pelo Facebook

  • Reply Débora 24 de agosto de 2016 at 10:20

    Bibliotecas são uma ótima opção em questão de variedade e quando a gente não está podendo gastar. Sabe que até hoje eu sinto falta dos livros que eu li que foram de biblioteca (sou uma colecionadora de livros). Já conheci várias histórias e lugares por causa dos livros de biblioteca. =)
    O dia do curinga é um livro ótimo! Que bom que você teve a oportunidade de lê-lo. As viagens de Gulliver já está na minha listinha faz um tempo, ainda nem vi o filme porque quero ler o livro primeiro. Não O conto da ilha desconhecida mas parece ser interessante. Vou procurar depois. ^^
    Beijinhos ♥

    • Reply Karin Paredes 25 de agosto de 2016 at 08:04

      Débora, tudo bem?
      Pois é biblioteca está para nos ajudar em vários momentos, seja no de lazer quanto no de estudo.
      Sobre As viagens de Gulliver: pode ver o filme sem problema. Ele não irá interferir na leitura do livro, já que o filme só trata da primeira viagem, há outras relatadas na história. Além disso a adaptação é bem diferente do livro.

      Mil beijos

  • Reply Livros: Clássicos Mundiais - Prateleira de Cima 12 de novembro de 2016 at 11:11

    […] As viagens de Gulliver – Jonathan Swift […]

  • Deixe seu comentário