O Meme Literário de um Mês – dia 23

23 de outubro de 2011

Dia 23 – Você costumar ler e-books?

Ou prefere o bom e velho livro em papel? Por que?

As tecnologias chegam para ajudar o mundo e o e-book é um exemplo disso. Eles vieram como uma opção para as pessoas poderem escolher o que melhorse adapta ao seu estilo de vida e dia a dia.

No mundo de hoje as pessoas tem usado tantos os aparelhos eletronicos que eu acho válido os e-books como mais um canal para difundir a leitura e o conhecimento. E o mercado de e-books só vem crescendo.

Eu acho que não há nada que possa substituir a leitura do bom e o velho livro de papel. As suas páginas e folhas, o cheiro, a sensação de pegá-lo e desfrutar de suas letras e histórias. A alegria de ver a minha estante com o meu acervo vasto e diversificado de conhecimento e histórias não tem preço. Não precisa de pilha nem bateria, nem da eletricidade. Só dos meus olhos e da minha imaginação.

—————————————-

Caso queria ver as respostas dos outros dias, clique aqui. Para saber mais sobre os livros que estou lendo, que irei ler ou que já li, podem acessar a minha conta no Skoob aqui.

Esta postagem faz parte do Meme Literário de um Mês – 2011, que o Blog Happy Batatinha está promovendo. Para saber mais informações sobre o Meme, só clicar aqui. Para saber mais sobre o Happy Batatinha, clique aqui

Veja também

2 comentários no blog
comentários pelo Facebook

  • Reply Daniela de Freitas Guedes 25 de outubro de 2011 at 09:25

    Também prefiro o livro de papel. Até hoje li um único e-book, pelo computador mesmo. Mas achava muito desconfortável. Primeiro, porque gosto de ler deitada. Segundo, porque a luz do computador me dava dor de cabeça.
    Eu leio muita coisa no computador também. Para a faculdade. Leio relatórios, leis, planos diretores, livros de exatas escaneados… Acaba que, quando vou ler por diversão, quero deitar quietinha no meu canto e ler confortavelmente.

  • Reply MLDUM 2012: Dia 18 – Você costumar ler e-books? | Prateleira de Cima 18 de outubro de 2012 at 07:07

    […] No ano passado, eu respondi a essa pergunta e acho que alguns pontos se modificaram na minha opinião. Para conferir o que escrevi, clique aqui. […]

  • Deixe seu comentário