O ar que ele respira, de Brittany C. Cherry

20 de julho de 2018

O novo romance da autora de Sr. Daniels Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim.
Fonte da SinopseEditora Record

Dizem que depois da tempestade vem a calmaria, mas Tristan e Elizabeth já estão a tanto tempo preso em suas tempestades que é difícil acreditar que a calmaria um dia chega, o plot desse livro gira em torno de 2 pessoas quebradas, uma que tenta se recompor como dá e outra que tem deixados os dias passarem esperando que o dias acabem.

O ar que ele respira

Lizzie (Elizabeth) perdeu o marido num acidente de carro e viu seu mundo desmoronar rapidamente, sua filha Emma é a única razão que a faz seguir em frente, depois de 1 ano na casa da mãe decide que é hora de voltar para a antiga cidade natal; é nessa volta que ela cruza o caminho de Tristan .

As vezes, a pior parte de existir sem a pessoa que amamos é ter que se lembrar de respirar.

Tristan é rude, calado e o cara de que  todos falam na cidade. Como a narração é dividida entre o ponto de vista de Tristan e Lizzie logo entendemos o porquê das ações nada cordiais dele para com todos que atravessam seu caminho, mesmo deferindo grosserias aleatórias é fácil se colocar no lugar dele e entender porque da decisão de se fechar para o mundo.

O ar que ele respira

Depois de um primeiro contato muito tenso a reação de defesa é se afastar, porém inúmeras situações acabam sempre os aproximando, quando um enxerga que a dor do outro é similar a própria dor o instinto de se afastar já não existe mais, Emma ajuda muito nessa interação entre eles, porque quem é que resiste a uma menininha de 5 anos?

A voz de Tristan estava trêmula, assim como seu corpo. Ele não se dirigia a mim. Nós dois estávamos em mundos separados, feitos de nossas pequenas recordações, e, ainda assim, conseguíamos sentir a dor um do outro. A solidão reconhecia a solidão. E hoje, pela primeira vez, consegui enxergar o homem por trás da barba.

De estranhos que se odiaram num primeiro instante, os dois passam a serem amigos que enfrentam suas memórias doloridas, colocar os caquinhos que sobram quando algo trágico acontece  nem sempre é fácil, mas o enredo te leva a crer que é possível encontrar a calmaria depois do furacão.

 – Mostre pra mim o que você tenta esconder. Mostre onde dói mais. Quero ver sua alma.

No meio da história desses dois ainda tem espaço para umas reviravoltas que os aproximam ainda mais; mesmo que eu esteja acostumadas com as “ receitinhas” dos new adults não vi chegar esse fato chegando e fui surpreendida. Com uma escrita que flui fácil ainda há espaço para personagens que são leitores ávidos (o que dá um calorzinho no coração) e personagens secundários que também despertam nosso ódio e nosso amor.

Sabe aquele lugar entre os sonhos e os pesadelos? Aquele lugar onde o amanhã não chega e o passado não dói mais? O lugar onde seu coração bate em sintonia com o meu? Aquele lugar onde o tempo não existe e é mais fácil para de respirar? Quero viver nesse lugar lá com você.

Acompanhar os acertos e os erros de cada um, tornam esses personagens mais humanos e é fácil ganhar nosso coração e torcida, se você procura um livro sobre, perda, amadurecimento e descoberta sem dúvida essa pode ser uma ótima opção. O livro “ O ar que ele respira” é o primeiro livro da série Elementos, começar uma serie com um primeiro livro tão bom deixa uma grande responsabilidade para o próximos e se você não gosta de acompanhar séries não tem problema as histórias são completamente independentes.

O ar que ele respira
Autora
: Brittainy C. Cherry | Editora: Record
Páginas: 306 | ISBN: 13: 9788501075666
Skoob | Goodreads
Para ler: https://amzn.to/2zr9mzK

Ósculos e Amplexos, Karina.

Veja também

Nenhum comentário no blog
comentários pelo Facebook

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.