O vitral encantado, Diana Wynne Jones

18 de maio de 2016

O vitral encantado

Sabe quando você começa a ler um livro despretensiosamente, sem uma razão, simplesmente porque gostou do título? Foi assim que escolhi O vitral encantado, de Diana Wynne Jones.

O avô de Andrew Hope acabou de falecer e lhe deixou seu casarão como herança. Mas muito mais do que isso. Ele era um grande mago e Andrew herdou também o campo de proteção da propriedade (o que automaticamente o torna responsável pela segurança de todos os que vivem ali) e um curioso artefato: um vitral de muitas cores e claramente mágico.

Quando o jovem Aidan Cain, caçado pelos temidos Perseguidores, surge em sua porta à procura de abrigo, Andrew encontra nele um amigo para desbravar os arredores do casarão. Mas com Aidan ele vai descobrir que o passado de sua família pode ter muito mais magia do que imaginava.

Diana Wynne Jones nos proporciona uma aventura delicada e cheia de humor britânico moderno. Vitral Encantado é um prato cheio para os fãs de Neil Gaiman e outros autores de fantasia.

Comecei a ler o livro no Kindle e por isso não sabia o número de páginas que ele possuía. E me surpreendi quando descobri que o livro tinha um pouco mais de 300 páginas. A ideia era pegar uma obra com menos páginas (tipo umas 150), para que a leitura fosse rápida e leve. O que não ocorreu, já que demorei meses para terminá-lo (dei várias pausas).

O vitral encantado foi um dos últimos livros escritos pela autora, que morreu no ano seguinte da publicação. É um livro de fantasia com muita magia e voltado para o público infanto-juvenil. Tem uma boa linguagem e o texto é de fácil compreensão. O livro começa meio estranho, sombrio, com muito mistério na história, mas depois que ele se desenvolve fica mais fácil a compreensão.

Tive dificuldades no início para entender quem eram os personagens. Principalmente porque os dois protagonistas tem nomes parecidos (Andrew e Aidan). Me deixou um pouco confusa esse fato para saber de quem o texto falava. Contanto, depois da metade da história consegui situar os personagens direitinho.

No final da narrativa tive a sensação de que havia mais história para ser contada, senti que algumas perguntas sem respostas ainda pipocavam na minha mente. Só depois entendi que talvez a intenção da autora era escrever uma continuação, mas como esse desejo foi interrompido pela vida, O vitral encantado acabou sendo um livro único. Pena para nós, leitores.

Recomendo o livro e acho uma boa dica para quem está começando no mundo da leitura e do gênero da fantasia. É encantador e prende a atenção.

O vitral encantado
Autor: Diana Wynne Jones | Editora: Galera Record | Páginas: 304 | ISBN: 9788501092076
Skoob | Goodreads


Mil beijos e até mais!

Veja também

Nenhum comentário no blog
comentários pelo Facebook

Deixe seu comentário