Onde cantam os pássaros, de Evie Wyld

25 de julho de 2016

IMG_5818

Sei lá … ainda não me recuperei dessa leitura.

Onde cantam os pássaros chegou no Prateleira de Cima através da parceria com a DarkSide Books e ainda não sei explicar o que achei sobre essa leitura. Espero conseguir colocar meus sentimentos sobre esse livro em ordem enquanto conto a minha experiência de leitura por aqui.

IMG_5857

No premiado romance de Evie Wyld, a fazendeira Jake White leva uma vida simples numa ilha inglesa. Suas únicas companhias são rochedos, a chuva incessante, suas ovelhas e um cachorro, que atende pelo nome de Cão. Tendo escolhido a solidão por vontade própria, Jake precisa lidar com acontecimentos recentes que põem em dúvida o quanto ela realmente está sozinha – e o quanto estará segura. De tempos em tempos, uma de suas ovelhas aparece morta, o que pode ser muito bem obra das raposas que habitam a floresta próxima à sua fazenda. Ou de algo pior. Um menino perdido, um homem estranho, rumores sobre uma fera e fantasmas do seu próprio passado atormentam a vida de uma mulher que sonha com a redenção.

Aos poucos, vamos descobrindo mais sobre as suas habilidades em tosquiar e cuidar de ovelhas, aprendidas ainda quando jovem, em sua terra natal, na Austrália. E vamos aprendendo também o que aconteceu lá, que acabou por conduzir White à uma vida de reclusão e isolamento. E sobre as contradições e diferenças entre um passado (sempre narrado no tempo verbal presente) cheio de vida e calor, e o presente (narrado por sua vez no passado) repleto de lama, frio e um ritmo mais desacelerado, paira uma atmosfera absolutamente brutal.

Com uma prosa verdadeiramente excepcional, o estilo da autora reúne tanto clareza como substância e apresenta uma personagem inesquecível, enigmática, trágica, assombrada por um passado inescapável. Uma mulher forte, ainda que tão passível de falhas, erros e equívocos como todos nós. É uma história de solidão e sobrevivência, culpa, perda e o poder do perdão. Uma escrita visceral onde sentimos a presença de tudo, os odores, o vento, o tempo. Nada passa desapercebido.

IMG_5861

Estava muito ansiosa para ler esse livro. esse desejo ocorreu muito antes da parceria com a editora. Queria saber do que se tratava a história. A capa e o título me intrigavam. Já sabia que seria uma história de suspense/thriller. Algo diferente do que estava acostumada a ler.

IMG_5830

A história é intrigante. Há duas tramas paralelas: a primeira acontece no presente e conta a história de Jake White em sua fazenda e seu pequeno rebanho de ovelhas. A outra trama é no passado e fala sobre a vida de White antes de se tornar fazendeira. O fato curioso é que a trama do passado está sendo contada de trás para frente. É estranho porque só percebemos essa peculiaridade quase na metade do livro. E ela é importante na conclusão da história, é importante para entendermos porque Jake se sente tão atormentada.

IMG_5849

O livro é contado em 1ª pessoa (narrador-personagem) o que traz muito a visão da Jake sobre os acontecimentos. Ela relata os fatos (ou os relembra) com uma carga muito triste e cheia de pesar e dor. Você sente que a personagem está perdida, sozinha e sem rumo. Apenas sobrevivendo os dias.

A leitura é envolvente, porém parada. O mistério com a morte das ovelhas te segura até o último ponto final. Ao final do livro, fiquei me perguntando se realmente havia algo ali ou era tudo fruto da mente perturbada da personagem.

A escrita da autora é boa. O fato de ter escolhido uma forma não linear, com recurso de flashback, para contar a história da personagem, traz um recurso interessante e diferente para o leitor. Os personagens coadjuvantes não possuem muita profundidade e alguns deles aparecem por aparecer. A presença deles, pelo menos para mim não traz muita relevância para a construção do enredo.

IMG_5865

A ausência de um desfecho me deixou revoltada com a leitura. Talvez a autora tinha justamente esse propósito com o livro que não precisa ter um fim, um “e foram felizes para sempre”.

Gente, preciso de um fim. Sério! Essa sensação de não conclusão me traz uma aflição, um vazio no peito. O livro é legal e não ter um desfecho me deixou com esse vazio no peito e cheia caraminholas e teorias da conspiração na cabeça. Ainda estou me recuperando.

Onde cantam os pássaros

Escolhi Onde cantam os pássaros, pela capa, que me intrigava com todos os elementos e cores. A Ceile, do Este já li,  disse que a capa parece aqueles comerciais antigos da MTV, totalmente nonsense. O livro tem encadernação de capa dura e folhas amarelas. O projeto gráfico (tamanho e tipo de fonte) é bem legal,  o que torna a leitura confortável.

IMG_5866

Onde cantam os pássaros tem uma história boa, um enredo envolvente. Um bom livro para passar o tempo, mas não espere conclusões e um desfecho merecido para alguns dos mistérios presentes no livro.

Onde cantam os pássaros (All the Birds, Singing)
Autor: Evie Wyld| Tradutor: Leandro Durazzo | Editora: Darkside Books
Páginas: 272 | ISBN:9788566636529
SkoobGoodreads

Para ler: Amazon | Saraiva | Submarino | Livraria Cultura

 ♥
Mil beijos e até mais!

Veja também

10 comentários no blog
comentários pelo Facebook

  • Reply Camila Faria 29 de julho de 2016 at 19:24

    Oi Karin, o livro é lindo e a história bem peculiar. Achei bacana, super leria, mesmo com esse detalhe do final, Eu meio que gosto de finais em aberto normalmente. Um beijo :*

    • Reply Karin Paredes 2 de agosto de 2016 at 08:13

      Camila, tudo bem!
      A história é boa, e a escrita é bem feita, mas a falta de um desfecho acabou comigo.
      Não sei lidar com os finais em aberto. Eles no fazem pensar e tal.
      Na verdade, acho que o momento que escolhi para a leitura é que não casou.
      Estava meio carente de finais e lendo muitos livros sem eles. Aí esse foi a gota.
      Mil beijos

  • Reply Kaila Garcia 1 de agosto de 2016 at 13:52

    Achei bem bacana sua indicação! Quero ler. <3

    http://www.kailagarcia.com

    • Reply Karin Paredes 2 de agosto de 2016 at 08:09

      Olá Kaila,
      Não curti tanto o livro. Ele é bom, mas o fato de não ter desfecho acabou comigo.
      Acho que o li na hora errada. Deveria ter esperado mais.
      Mil beijos!

  • Reply karina 2 de agosto de 2016 at 10:13

    Eu quero ler esse livro a tanto tempo , a capa e realmente linda e eu adiei a leitura , justamente pq um monte de pessoas que eu conheço não terem gostado …. mas já que te causou tantos sentimentos dubios rsrs e uma certa revolta …quero ler afinal amo livros que mexem assim com a gente !

    • Reply Karin Paredes 2 de agosto de 2016 at 10:15

      Ka,
      Acho que os sentimentos ficaram muito dubios mesmo!
      A história é boa. Envolvente.
      Mas a falta de parte do desfecho me deixou consternada. Acho que se eu tivesse lido esse livro em outro momento teria visto esse detalhe com outros olhos.
      Sei lá
      Mil beijos!!!

  • Reply Sâmia Laços 7 de agosto de 2016 at 22:30

    Acabei de comentar em outro blog que tenho mania de comprar livro pela capa. E a capa desse chamou bastante minha atenção. A história também parece ser bem boa, fiquei curiosa.

    • Reply Karin Paredes 25 de agosto de 2016 at 08:11

      Mais uma para o time de “quem se interessa pelo livro pela capa”
      Mil beijos, Sâmia!

  • Reply Andrea 14 de agosto de 2016 at 18:10

    Gente, nunca tinha ouvido falar desse livro e já quero ler!!! Com certeza ficarei revoltada com isso de não ter desfecho, mas acredita que isso foi o que mais me deixou curiosa? Hahaha 🙂

    • Reply Karin Paredes 22 de agosto de 2016 at 10:38

      Andrea, eu acho que o problema do livro foi ter lido em um momento errado.
      Talvez se eu tivesse feito a leitura em outro momento, eu teria achado essa história de não ter desfecho genial.
      Tem noção que eu ainda achei que faltavam páginas no livro?
      Mil beijos!

    Deixe seu comentário