Os monólogos da vagina, da Eve Ensler

15 de outubro de 2018

Os monólogos da vagina

Finalmente (finalmente mesmo) tive a oportunidade de ler o livro Os monólogos da Vagina, da Eve Ensler, graças a parceria do blog com a Globo Livros. E muito feliz com essa leitura.

Publicado em 140 países, Os monólogos da vagina marcou toda uma geração com a visão hilariante e reveladora de Eve Ensler a respeito do que até então era considerada uma zona proibida, “aquela-que-não-devia-ser-nomeada”, um mistério até mesmo para as próprias mulheres.
Adaptada a partir da premiada peça teatral off-Broadway que se tornou sucesso absoluto em todo o mundo, tendo inclusive diversas montagens no Brasil, esta obra revolucionária reúne uma série de histórias luxuriosas, emocionantes, singelas e, sobretudo, humanas, que transformaram o ponto de interrogação que costumava pairar sobre a anatomia feminina em um permanente sinal de vitória.
Vinte anos depois de seu lançamento, Eve Ensler mostra, em um prefácio inédito, por que o seu texto continua mais atual – e necessário – do que nunca. Mesclando gargalhadas e lágrimas, a autora transporta seu público para um universo que ainda hoje muitos hesitam em desbravar, garantindo que qualquer um que leia Os monólogos da vagina jamais volte a olhar para o corpo de uma mulher da mesma maneira.
“Eu estava preocupada com as vaginas. Preocupada com o que a gente pensa das vaginas, e mais preocupada ainda com o que a gente não pensa. Então, resolvi falar com mulheres a respeito do assunto. Essas conversas viraram Os monólogos da vagina. Falei com mais de duzentas mulheres: mulheres mais velhas, mais novas, casadas, solteiras, lésbicas, professoras universitárias, atrizes, executivas, profissionais do sexo, mulheres afro-americanas, hispânicas, asiáticas, caucasianas, judias. De início, elas ficavam meio relutantes, um pouco tímidas. Mas, quando começavam a falar, aí não paravam mais.”

Vamos falar sobre o livro: como disse anteriormente Os monólogos da vagina era um livro que estava querendo ler há muito tempo. Hã muito tempo mesmo. Havia uma curiosidade pelo título e pelo o quê se tratava a obra. Mas era um livro que estava esgotado no mercado editorial brasileiro e então esse desejo adormeceu. Porém conheci o Clube de leitura da Emma Watson, o Our Shared Shelf, e “Os monólogos…” é um dos livros lidos no clube e a curiosidade de ler voltou com tudo. Até pesquisei para comprar em inglês mesmo, mas era uma ideia mais para o futuro. E então, quando fiquei sabendo, não sei bem como, que a Ana Guadalupe estava no projeto de tradução do livro, fiquei muito animada.

O livro vai trazer uma série de depoimentos em forma de crônicas sobre mulheres e suas vaginas. As relações delas com o corpo, com a sua sexualidade e com a noção do prazer feminino. É bem interessante porque podemos ter contato com diferentes histórias e realidades que nem imaginávamos poder existir. São relatos que podem ser de qualquer uma de nós. Podem ser da nossa mãe, de uma amiga, de uma vizinha ou de nós mesmos. Apesar do tema parecer pesado, os textos são leves, fluidos e bem humorados. A gente sente que falar do nosso corpo ainda é um grande tabu na sociedade e como a relação com ele pode nortear a nossa vida e nossos atos.

Essa edição de Os monólogos da vagina é comemorativa de 20 anos da primeira publicação e além de contar com a história original, possui capítulos extras contanto toda a trajetória e legado que esse livro tem deixado ao mundo desde a sua primeira publicação em 1996. Ele mostra os projetos desenvolvidos pela Eve Ensler com o apoio de muitas ativistas em prol das mulheres no mundo todo com o V-Day. O V-Day é um projeto que nasceu a partir do livro e luta para o fim da violência contra as mulheres. O livro, juntamente coma peça teatral, tem sido ferramentas de conscientização sobre os direitos da mulheres em regiões do mundo todo, como Filipinas e países do Oriente Médio. O trabalho é incrível e tem tido resultados muito positivos nessa luta

Eu adorei a capa. Ela consegue ser singela e chocante ao mesmo. Acho que carrega a essência da obra. Tenho certeza que devo ter chocado algumas pessoas com esse livro no transporte público com um título tão evidente assim. Mas to nem aí, precisamos de mais livros como esse nas rodas e clubes de leitura. Precisamos discutir sobre os diversos temas abordados que vão muito mais além das questões do corpo, mas do papel da mulher nas diferentes sociedades do mundo.

Apesar de ter começado sem nenhuma pretensão, Os monólogos da vagina é um livro que atingiu e continua atingindo mulheres do mundo todo mostrando que temos voz e que podemos sim ser ouvidas.

Os monólogos da vagina
Autor: Eve Ensler | Editora: Globo Livros
Páginas: 208 | ISBN: 9788525065919
Skoob | Goodreads
Para lerhttps://amzn.to/2pJhkN0


Mil beijos e até mais!

Veja também

1 comentário no blog
comentários pelo Facebook

  • Reply Clayci Oliveira 16 de outubro de 2018 at 22:07

    Que dica maravilhosa.
    Estou de olho nesse livro, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha a respeito.
    A sua me deixou mais interessada pela leitura e sinto que terei que dar uma chance <3

  • Deixe seu comentário

    This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.