Amorzices: 3 blogs para amar e não largar

16 de Janeiro de 2018

Oi pessoas! Que tema maravilhoso escolhido para esse mês do Amorzices. Sério!

Gosto muito de compartilhar os lugares que adoro visitar e acompanhar aqui no blog. O próprio “Outras estantes” é um blogroll super recheado de cantinhos pessoais espalhadas pela internet que gosto de indicar.

Mas é sempre bom exaltar blogs que trazem um quentinho ao coração.

Não me mande flores

Não sei quando comecei a  seguir o Não me mande flores, só sei que eu nunca teria conhecido tanta coisa bacana na área de beleza se não fosse os posts da Camila. É um blog leve com posts informativos sobre beleza, moda, livros e filmes. Sem contar os posts especiais que ela mostra artistas e seus trabalhos do mundo todo. Eu não sei o que seria de mim com as indicações maravilhosas de suas resenhas sobre dermocosméticos.

BMRTT

Visitar o cantinho da Bazinha é algo que ainda não sei explicar muito bem. Gosto da leveza dos seus textos e por mais que essa não seja a intenção dela, traz uma simplicidade ao seu cotidiano que às vezes podem ser bem duras. O BMRTT é um diário mesmo, oldschool, roots no seu significado mas primário que um blog poderia ser. Fotos com pequenos registro de uma ida na praia, um lanche em algum lugar tradicional ou a casinha que está sendo construída com muito amor e carinho são coisas que você irá encontrar lá no blog da Ba!

Hello Lolla

Também não sei dizer quando foi que comecei a acompanhar o Hello Lolla. Provavelmente foi em algum blogroll da vida de algum blog que acompanho nesses quase 10 anos lendo blogs. Lolla é carioca (assim como eu), mas mora na Inglaterra não sei há quanto tempo. No Hello Lolla, ela conta um pouquinho de sua vida e dos lugares que visita em terras britânicas. Curto muito as suas fotos que mostram o cotidiano da cidade ou mesmo da sua casa. A sensação que dá é de ver um álbum de família ou mesmo de viagem. É um blog para se perder nas imagens e nas dicas que estão sendo todas anotadas para quando um dia eu visitar o país.

Tanta gente bacana não é mesmo??? Claro que tem bem mais gente que poderia indicar por aqui. Acho que vou indicar mais cantinhos pessoais e especiais que enchem o meu coração e mostram muita das vezes que não estou só nesse mundo. Vou incluir indicações de blogs no Drops da Prateleira já que é um post mensal (ou deveria ser!).

Uma coisa que acho muito importante sobre blogs é o apoio que devemos dar para aqueles que amamos tanto ler. Se você curte muito um blog, ou alguma  rede social de uma pessoa, seja o Instagram, o canal no Youtube ou qualquer outra coisa, apoie, deixa um comentário, dê uma curtida, compartilhe. Sério, isso ajuda muito a pessoa do outro lado da tela. A maioria das pessoas que escrevem no blogs, fazem isso pela vontade de compartilhar e saber que não está sozinha é gratificante.

Vocês já conheciam algum desses cantinhos que mencionei??? Tem algum blog que ama de paixão, não perde uma atualização e sai indicando para todo mundo??? Deixa nos comentários que também quero favoritar ele.

 

você pode fazer parte dessa blogagem coletiva com a gente. o amorzices é um projeto mensal, publicado todo dia 15, criado pelo trio amorzinho Sernaiotto Serendipity Desancorando e que terá um tema de base: amor. a partir daí, a gente vai falar sobre um monte de coisas. o tema de janeiro é ‘blogs para acompanhar em 2018’. então, faz um post no seu blog e deixa o link nos comentários pra gente ver também, tá bom?


Mil beijos e até mais!

Pequenas atitudes para 2018

3 de Janeiro de 2018

Oi pessoas

Há uns 6 meses atrás eu gravei um vídeo sobre sonhos e porque não devemos ficar contando muito sobre eles por aí. Porém esse post meio que irá negando tudo aquilo que falei naquele vídeo.

Calma, que não é exatamente assim como contei aí em cima.

Para conseguirmos realizar alguns sonhos, temos que mudar algumas atitudes que nos acostumamos ter. E a proposta desse post é exatamente essa: mostrar pequenas atitudes (ou atividades) que irei tomar a partir desse mês que irão me ajudar de alguma forma a alcançar as minhas metas e sonhos mais importantes para 2018.

Uma vez li em algum lugar que não me recordo que os objetivos são alcançados com pequenas atitudes. São pequenas coisas que fazemos que nos levam ao sucesso de conseguir aquela coisa maior que desejamos tanto realizar. Quer um exemplo: você quer comprar um carro e para isso precisa juntar um dinheiro, seja para dar de entrada ou pagar à vista. O que você tem que fazer para que consiga guardar dinheiro? Que tal cozinhar mais? A partir do momento que você começa a preparar a sua comida em casa, você deixa de gastar em restaurantes ou deliverys. O dinheiro que seria gasto, passa a “sobrar” e vai direto para uma reserva que irá ajudar a realizar o sonho de comprar um carro.

Ahhh, e o fato de cozinhar mais também ajudar na meta de ser mais saudável

Decidi mostrar essas pequenas atitudes para incentivar a outras pessoas que talvez estão só precisando de uma inspiração ou mesmo um empurrãozinho para mudar e começar a realizar um sonho.

Então vamos as coisas que irei fazer:

Ser mais organizada – apesar de ter focado bem e conseguido realizar algumas metas, 2017 foi um ano que poderia ter sido beeem mais produtivo se eu tivesse sido mais organizada. Para isso, vou fazer uso de uma agenda, um bullet journal e o aplicativo Todoist para me ajudar nessa empreitada. Já testei as técnicas no ano passado, e consegui o resultado bem satisfatório no mês de novembro.

Juntar dinheiro – ano passado me provou que com foco sou capaz de guardar dinheiro para alcançar objetivos. Em nove meses eu parei de comprar qualquer coisa que fosse supérflua e guardei dinheiro suficiente para realizar a viagem dos meus sonhos. Só para terem uma ideia, nem bala no ônibus em comprei pois qualquer moedinha já era importante. Era o famoso: “de grão em grão a galinha enche o papo“. Então mais uma vez juntar dinheiro vai uma meta para esse ano.

Cozinhar mais – motivos: poder guardar mais dinheiro e ser um pouco mais saudável. Cozinhando mais eu deixo de gastar em restaurantes (e delivery) e consigo fazer marmita para o meu trabalho e assim paro de comer coisas não saudáveis. Eu até comecei bem em 2017, com cardápio programado, comidas pré prontas no congelador e tudo mais, só que com o passar do tempo comecei a deixar tudo meio bagunçado e

Estudar inglês – muita gente não sabe mais estudei inglês por 10 anos e sou formada pelo CCAA. Só que como tudo na vida, se você não pratica, você enferruja e esquece. A ida a Orlando me provou que preciso retornar imediatamente aos livros para aprimorar e relembrar as coisas que aprendi durante o curso.

Além dessa lista, tenho outras pequenas coisas que quero fazer em 2018: fazer uma tatuagem, aprender a dirigir e tirar a carteira e ler mais livros (mas isso vocês já devem saber). Provavelmente, irão aparecer mais coisas que quero fazer, mais isso só irei saber ao longo do ano.

Bom, estou bem empolgada para esse novo ano (deve ser animação de início de ano) e para as coisas que quero fazer e realizar. E vocês, quais são as metas para 2018? O que você está fazendo para conseguir alcançá-las?


Mil beijos e até mais!

50 perguntas #50 | Decisões a tomar

24 de dezembro de 2017

50 perguntas #50

50 perguntas #50: Decisões estão sendo tomadas agora. A pergunta é: Você está fazendo-as para si mesmo, ou você está deixando que os outros façam por você?

Nossa, bem difícil responder essa pergunta, principalmente sendo a última desse projeto.

Acho que uma boa resposta para essa pergunta seja: tanto eu estourando as decisões por mim, quanto tenho deixado as decisões serem tomadas por outras pessoas. Calma, eu explico.

Sou uma pessoa consideravelmente independente, e muitas coisas são decididas apenas por mim. Porém, também sou uma pessoa que vivo em um relacionamento afetivo e algumas coisas precisam ser decididas em conjunto, pois diz respeito aos dois e a decisão precisa ser satisfatória para ambos. E vai ter situações que a decisão precisa ser tomada somente pelo Eduardo, por variados motivos: ele tem melhor experiência no assunto, a confiança que tenho em relação ao conhecimento dele, e etc. O contrário também ocorre: com certeza ele também deixa diversas decisões serem tomadas por mim, pelo simples fato dele confiar no meu conhecimento sobre a questão.

Claro, que vai ter algo que só eu ou só ele poderá decidir. Acho que encontrar o equilíbrio e fundamental para que você possa ter controle da sua vida e das decisões que devem ser tomadas.

 


Mil beijos e até mais!

Esse post faz parte do Projeto 50 perguntas que irão libertar sua mente. Caso tenha interesse em conhecer outras perguntas publicadas e as minhas respostas, clica aqui

Playlist de Natal: Ho ho ho and Mistletoe

24 de dezembro de 2017

Desde o Natal do ano passado eu havia decidido criar uma playlist para celebrar essa época do ano. Queria ter liberado esse post no meio dessa semana, mas me enrolei tanto que só consegui sentar hoje para criá-la. Inspirada na playlist que a Melina, do blog Serendipity, criou (obrigada Mel!), fiz uma playlist recheada de músicas festivas: a Ho Ho Ho and Mistletoe.

A ideia é uma playlist bem eclética, que possa agradar a todos: de clássicos natalinos até composições de pagode, passando por Simone (sim, você ouviu bem, Simone, por quê não?), John Lennon, Mariah Carey, Frank Sinatra, Sia e tantos outros artistas que celebram essa época do ano através da música.

É para colocar para tocar durante a montagem da árvore, na preparação da rabanada, na hora da abertura dos presentes e do amigo oculto e até no café na manhã Natal.

Ho ho ho and Mistletoe

Ainda não está completa e com o tempo vou incluíndo mais músicas. Vocês também podem ajudar a construir essa playlist sugerindo canções natalinas que terei o maior prazer em incluir. Pode ser repetida, não tem problema.

Quero aproveitar para desejar aos leitores do Prateleira de Cima um Feliz Natal com muita luz e saúde e que o espírito natalino inunda os corações de todos vocês.


Feliz Natal, mil beijos e até mais!