Shampoo Rehab, da Lush Brasil

13 de fevereiro de 2016

IMG_3774

Como prometido anteriormente, testei o shampoo Rehab, da Lush Cosméticos e vim aqui contar para vocês sobre a experiência.

Meu interesse inicial na Lush eram os shampoos. Na verdade estou sempre procurando alternativas menos agressivas para o meu couro cabeludo e que consigam não maltratar os meu fios. Por isso comecei a pesquisar sobre os shampoos que poderiam me dar o resultado que eu estava desejando.

Então escolhi o Rehab. O shampoo é um mix de vários ingredientes em sua composição: tem mamão, morangos e outras frutas; jojoba; óleo de oliva; sal marinho; e outros ingredientes que possuem diferentes propriedades para tratar os cabelos.

A textura é um pouco diferente dos shampoos que estamos acostumados a usar. Não faz muita espuma, o que dá impressão de que não está lavando, mas acreditem, está!  E rende bem. O cheiro é bem gostoso, mas nada como algo do tipo quero comer!

IMG_3741

Nas primeiras vezes que usei, achei que meus cabelos ficaram mais soltos, macios e brilhosos. Sensação de cabelo limpo e tratado, sabe. O Edu contou que sentiu que meu cabelo andava mais cheiroso.

Porém, com o passar do tempo, senti que o efeito estava perdendo um pouco de intensidade. A sensação que eu tive nas primeiras vezes que utilizei o shampoo não estava sendo igual. Apesar disso continuei utilizando e mesmo assim o efeito ainda é melhor do que muito shampoo que tem no mercado e promete maravilhas (e no final acaba com o cabelo).

Associei essa questão ao fato do meu cabelo estar muito grande (e mais difícil de tratar), a temperatura da água e também a qualidade da água (quem mora em cidades grandes sabe do que estou falando).

Depois disso comecei a ler algumas resenhas sobre o shampoo pela internet e vi que eu não estava fazendo  a coisa toda corretamente. Vou dar mais uma chance.

Há muitas resenhas em inglês do shampoo, mas separei alguns links em português para ajudar vocês:

F-utilidades | Esquisitices da Sophie | Alma Camponesa

IMG_3768

O próximo produto que irei resenhar aqui no blog será o condicionador American Cream. Aguardem!


Mil beijos e até mais!

P. S. I still love you, da Jenny Han

12 de fevereiro de 2016

IMG_3901

P.S. I still love you é a continuação do livro To all the boys I’ve loved before e já tem resenha dele aqui no blog.

O livro é a continuação das aventuras de Lara Jean e a confusão que suas cartas secretas trouxeram para sua vida. No primeiro livro notamos que há um fim, mas há alguns pontos sem nó que precisavam ser solucionados. Esse pontos começam a ser ajustados nesse livro.

IMG_3980

Eles estavam apenas fingindo. Até que eles não estavam. E agora Lara Jean tem que aprender como é estar em um relacionamento real e não apenas um faz de conta.

Mas quando outro menino do seu passado retorna para sua vida, os sentimentos de Lara Jean por ele de repente retornam também. Uma garota pode estar apaixonada por dois meninos ao mesmo tempo?

Nesta sequência encantadora e sincera para o bestseller do New York Times Para todos os meninos que já amei antes, Lara Jean está prestes a descobrir que se apaixonar é a parte mais fácil .

IMG_4008

É difícil falar um pouco sobre P.S. I still love you sem dar muito spoiler do primeiro, mas Lara Jean está confusa e um pouco perdida em relação aos seus sentimentos. Nesta sequencia, Lara Jean descobre que está realmente apaixonada por Peter e ele por ela. Então começam a namorar. Mas um vídeo mostrando o casal em um momento íntimo vaza na internet e abala a relação do dois. E quando as coisas parecem entrar nos eixos, um novo personagem surge e mexe com Lara Jean.

IMG_3914

O segundo livro é mais maduro. Jenny Han mantém o mesmo ritmo de narrativa do primeiro livro. Logo no primeiro capítulo, a autora nos apresenta um resumão dos acontecimentos do primeiro livro. Claro que de forma sutil e que ajudou muito os leitores a relembrarem da história do primeiro livro.

IMG_4001

Me senti envolvida pela história: tive raiva, fiquei ansiosa, torci para os personagens. Gosto de livro assim, que trazem essa sensação, que me façam querer “engolir” o livro. E ambos os livros da Jenny Han me trouxeram esse sentimento com sua história.

IMG_3906

Depois de terminar a leitura tive a sensação de dever cumprido, mas mesmo assim parece que algo ficou no ar. Sabe quando a gente sabe que acabou mas não fica muito satisfeita? É essa a sensação. Vi pelas redes sociais que algumas pessoas estavam achando que possa haver uma nova sequência, mas Jenny Han declarou que a história acabou no segundo livro, que não haveria a possibilidade de um terceiro livro pois já houve um fim. A trama se encerra ali.

IMG_3921

Li a versão em inglês, mas já a versão em Português publicada pela Editora Intrínseca dos dois livros. Então agora todos terão a chance de apreciar as minhas duas leituras favoritas de 2015.  Recomendo a leitura para todos que gostam desse tipo de história, que querem se emocionar, se divertir ou se sentem próximos de Lara Jean.

IMG_3984

P.S. I still love you (em inglês)
Autor: Jenny Han | Editora: Simon & Schuster | Páginas: 337 | ISBN:9781442426733 | Goodreads

P. S. Ainda amo você (versão em Português)
Autor: Jenny Han | Editora: Intrínseca | Páginas:
304 | ISBN:9788580578690Skoob 

IMG_2435

Já não vejo a hora de conhecer outros livros da autora.


Mil beijos e até mais!

Experimentando os produtos da Lush Brasil

11 de fevereiro de 2016

IMG_3730

Quem assistiu o vídeo de Shop Haul que fiz no ano passado, viu que havia comprado produtos da Lush Cosméticos e estava testando para depois falar sobre minhas impressões.

Conheci a marca depois que vi algumas pessoas que acompanho falarem dos produtos, mas só tive contato mesmo e mais curiosidade pelos produtos quando a marca abriu a loja aqui em São Paulo.

A Lush

A Lush Cosméticos é uma marca inglesa que tem como proposta produtos naturais e vegetarianos, feitos à mão e sem testes em animais. A Lush também possui produtos um pouco mais diferentes do que conhecemos habitualmente como os shampoos sólidos, as gelatinas de banho e os frapês de banho

Um dos motivos que me fizeram conhecer os produtos da marca é que tenho Psoríase, que é uma doença dermatológica, e por isso estou sempre procurando produtos mais leves, mais naturais e que não agridem tanto a minha pele e couro cabeludo, mas que tenham um efeito positivo esteticamente falando.

Por enquanto a marca só conta com lojas físicas em São Paulo, mas quem estiver interesse pode adquirir os produtos através da loja online que entrega para todo o Brasil.

IMG_3768

Um dos pontos negativos é o preço. Por se tratar de uma marca importada e o dólar (que é a moeda utilizada para as transações de importação e exportação no mundo) estar com o valor de cotação alto em nosso país, acaba que os produtos ficam com um preço não muito convidativo. Além disso são produtos que possuem um processo de fabricação mais artesanal e com ingredientes frescos e selecionados, o que acrescenta um pouco mais no valor final.

Se quiserem conhecer um pouco mais da proposta da marca, vocês podem segui-lá nas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.

Os produtos

Quando quero testar algo fico muito feliz em encontrar embalagens com quantidades menores, pois caso eu não goste, não preciso ficar consumindo eternamente aquele produto no qual não me adaptei. Alguns produtos da Lush vem em embalagens de diferentes quantidades, o que tornou o processo de teste bem mais interessante (ponto positivo para a marca).

Os primeiros produtos que comprei e testei foram: Rehab (shampoo), American Cream (condicionador), Ocean Salt (esfoliante) e uma amostra grátis do Fairly Traded Honey (shampoo).

IMG_3776

Vou fazer as resenhas separadas dos produtos para esse post não ficar muito extenso. Já estou testando outros produtos além desses que falei por aqui. Além disso, vou deixar três links de resenhas (em português) de outros produtos da Lush que azamiga tudo experimentaram.

Lush – Blog Maionese |  Lush – Blog Celle CoelhoLush – Blog O mundo de Jess | Lush – Blog Serendipity

Já estou com uma lista de outros produtos que quero experimentar e que deixei na minha Lista de desejados lá no site da marca para futuras compras. Por enquanto devo demorar um pouquinho para adquiri-los, pois quero terminar os que já estou usando no momento.

Vocês já testaram algum produto da Lush? Deixem nos comentários alguma dica de produto que vocês usaram e gostaram. Adoro receber esse tipo de indicação. E se tiverem alguma dúvida em algum outro produto ou tem algum que gostariam que eu resenhasse, me falem nos comentários.


Mil beijos e até mais!

Eu te darei o sol, da Jandy Nelson

9 de fevereiro de 2016

IMG_2862

Eu te darei o Sol: o que falar desse livro com essa capa amarela, lindona! A primeira coisa foi a capa que me chamou a atenção. E que leitura gostosinha. Adorei

Eu te darei o Sol conta a história de dois irmãos, gêmeos bivitelinos e a relação fraterna que os ligam. Noah e Jude são como quase todos os irmãos gêmeos: unha e carne. Noah é sensível, gosta de pintar e sente atração por outros meninos, mas ainda está confuso nessa descoberta. Jude é mais espevitada e gosta de esculpir na areia da praia. A mãe dos gêmeos, crítica de arte,  sente que seus filhos possuem grandes chances de entrar para a escola de Artes e os apoia incentivando-os para que consigam entrar. Tudo está caminhando bem até que Jude acha que sua mãe tem um apreço maior por seu irmão e começa uma guerra na relação mãe-filha. Noah não consegue notar toda essa disputa pois está conhecendo o novo vizinho que desperta sentimentos que até então ele desconhecia. Mas uma tragédia acaba distanciando mais ainda os irmãos e o clima de disputa se instaura na vida dos dois,  afastando-os.

IMG_2858

O livro é contado de forma bem interessante. Há duas vozes na narração e se passam em dois momentos distintos. O primeiro é quando os irmãos estão com 13 anos de idade, descobrindo sua vocação, as relações sociais, a sexualidade e o amor. Nesse momento é o Noah que está descrevendo os fatos. A segunda voz é a da Jude e ela narra os acontecimentos quando estão com mais ou menos 16 anos de idade. A escrita dessa forma deu uma sensação diferente na leitura. Dá para ter a visão dos dois personagens principais sobre a mesma situação, sem precisar ver duas vezes a mesma coisa. Conseguiram entender?!

Nelson teve a intenção de mostrar como a vida pode ser confusa às vezes quando não somos verdadeiros com nós mesmos e com nossos sentimentos. Com uma temática sobre amor, descobrimento, companheirismo entre e relações familiares, o livro é envolvente com seu leve mistério que prende o leitor de forma que ele não abandone a história e fique curioso com o desfecho da trama. Uma das coisas que aprecio nas histórias é o tempo da narrativa. E Eu te darei o sol não é devagar para te deixar cansado de ler e nem corrido dando a impressão de que as coisas estão acontecendo muito rápido. O tempo é na medida.

IMG_2870

O livro tem essa capa fofinha, super amarela que eu gostei bastante. É tão vivo esse amarelo que não tem como não notá-lo na estante. As folhas são amareladas e tem um boa diagramação o que torna a leitura bem prazerosa. Recomendo o livro e estou com muita vontade de ler um outro livro da autora, O céu está em todo lugar.

Eu te darei o sol
Autor: Jandy Nelson | Editora: Novo Conceito | Páginas: 384 | ISBN: 9788581636467 | Skoob | Goodreads


Mil beijos e até mais!