32 anos

8 de setembro de 2017

Sim!!! Chegou esse dia, o mais lindo de todos: meu aniversário.

And the beat goes on
I’m a happy girl
It’s my birthday song
In my happy world
I know its gonna be a good day
oh yeah, today is my birthday
(Madonna – B-day Song)

32 anos e com alma de 21. Não adianta, nunca sairei da casa dos 20 (hahahahahaha) e nunca cansarei de dizer isso.

 

É estranho chegar nessa idade. Aos 20 anos nunca pensei que minha vida na casa dos 30 seria do jeito que é. Como a gente se engana né? Mas vamos deixar disso que hoje o dia não é para isso. Quero deixar as bad vibes de lado um pouco porque hoje é dia de festa! Hoje é dia de celebrar.

Ter 32 anos é sensacional. É como ter 20 com mais maturidade, com mais consciência de mim, do que quero ser, das coisas que me agradam e desagradam. É me importar menos com o que os outros pensam, é ter liberdade para fazer qualquer coisa e ser quem eu sou. Sei lá, gente. É um sentimento gostoso pacas, não sei bem como descrever. Só sentir.

Estou muito animada para esse meu ano-novo. Quero fazer tantas coisas, conhecer novos lugares, ver mais as pessoas. Quero focar mais nos meus objetivos e realizar sonhos. Esse ano será de realizações (mentalizando sempre para dar certo, hahaha). A vida está boa e a única coisa que posso fazer é agradecer. Agradecer muito. Por tudo. Então: MUITO OBRIGADA!

Vou aproveitar também e agradecer todo o carinho e boas energias que emanarão a partir desse post. Ser grata é um exercício que tenho feito e tem dado um resultado positivo. Acho que se alguém me perguntasse o presente de aniversário que eu gostaria de ganhar, seria gratidão. Gostaria que as pessoas fossem mais gratas pelas coisas que conquistaram, pelas coisas que tem. Quando temos esse sentimento no coração acho que novas coisas boas sempre acontecem.

Como sempre, escrever me lembrou um trecho de uma música da Kate Miller-Heidke, que retrata um pouco esse sentimento

If I can’t have what I want
Dear god, let me want what I have

“Se eu não posso ter o que quero.
Querido Deus, me deixa querer o que tenho”

Adoro essa música e esse trecho é quase um mantra. Sejam gratos pelo que tem, sempre!

Espero que esse próximo ano seja lindo e cheio de realizações. Obrigada, mesmo!


Mil beijos e até mais!

Veja também

Nenhum comentário no blog
comentários pelo Facebook

Deixe seu comentário