Amorzices: as palavrinhas mágicas da gentileza

18 de fevereiro de 2018

Oi pessoas!

Uma vez eu ouvi (ou li) uma frase que dizia mais ou menos o seguinte:

Seja gentil com as pessoas. Você não sabe as batalhas que elas estão enfrentando.

Por mais que não pareça muito em alguns momentos, tenho tentando levar essa frase comigo para todo o lugar, o tempo todo. É quase um lema, um mantra.

Acredito muito na lei do retorno. Aquela que diz que a gente “colhe o que planta”, “aqui se faz, aqui se paga”, e tantas outras frases populares que exemplificam o que estou falando. Acredito muito que aquilo que desejamos ou fazemos ao outro de alguma forma nos retorna. Seja na hora ou anos depois.

Algumas pessoas podem achar que sou boba ou muito boazinha. Mas não consigo ser uma pessoa babaca, aquelas que já coloca o pé na porta e problema de que esteja do outro lado. Essas atitudes revelam muito mais da outra pessoa do que de mim. Eu não sei o que elas estão passando, os problemas que estão enfrentando e não quero ser mais um motivo de estresse ou infortúnio. Às vezes a única coisa que precisam é de um sorriso! E se não se importam muito com o sorriso, paciência. Como já disse, isso revela muito mais sobre o outro do que sobre você.

Ser gentil, já me rendeu muita coisa boa. Uma vez eu fiz um textinho no facebook sobre o dia que eu tava muito borocoxô e uma pessoa iluminou o meu dia de uma forma tão encantadora. Mas o legal que o que ela fez a mim foi simplesmente o retorno das coisas que fui para ela. São momentos assim que mostram que estou no caminho certo.

Tento sempre ser gentil. Me faz bem sabe. Me sinto bem praticando a gentileza. Cara, se vocês soubessem o quanto me sinto mal quando de alguma maneira deixo alguém desconfortável ou sem um cuidado, sem pelo menos um sorriso ou uma palavra de conforto. Há tantas maneiras de você mostrar que de alguma forma você se importa com o outro.

Não é difícil praticar a gentileza. Acho que dá para você começar com o que chamo de 5 palavrinhas mágicas:

  • um comprimento (bom dia, boa tarde, boa noite)
  • por favor
  • com licença
  • obrigado/obrigada
  • desculpa

Apesar de eu achar que isso já deveria vir junto com o pacote “ser humano”, sei que muita gente ainda tem dificuldades de incorporar essas palavras no seu dia a dia por conta das mais diversas razões. Não cabe a mim julgar, mas se todo mundo começasse a praticar, acho que parte dos problemas das relações humanas estariam resolvidas.

Ahhh, lembrando que as 5 palavrinhas mágicas quando vem acompanhadas de um sorriso valem mais 5 pontos.

Depois que essas palavrinhas já estiverem fazendo parte do seu dia a dia, acho que já pode ir para o outro nível da gentileza. Mas isso a gente pode conversar em um outro post. Seja gentil, juro que não custa nada! E você pode praticar isso das mais diferentes formas e situações.

E vocês, como praticam a gentileza na suas vidas?

 

você pode fazer parte dessa blogagem coletiva. o amorzices é um projeto mensal, publicado todo dia 15, criado pelo trio amorzinho Sernaiotto Serendipity Desancorando e que terá um tema de base: amor. a partir daí, a gente vai falar sobre um monte de coisas. o tema de fevereiro é ‘gentileza’.


Mil beijos e até mais!

Veja também

2 comentários no blog
comentários pelo Facebook

  • Reply Larissa Zorzenone 19 de fevereiro de 2018 at 16:19

    Oi Karin
    Logo que me mudei pra Osasco eu tive dificuldades em entender as pessoas daqui. Onde eu morava era uma cidade pequena onde todo mundo se cumprimentava e se tratava bem. Ai aqui, quando eu ia comprar algo e cumprimentava com bom dia, as pessoas me olhavam estranho. Gente, aceitem a minha gentileza. Meus pais me ensinaram que volta pra gente o que a gente faz pros outros e eu gosto quando as pessoas são gentis comigo.
    Um beijo

    Vidas em Preto e Branco

    • Reply Karin Paredes 22 de fevereiro de 2018 at 07:12

      Larissa, mesmo sentimento por aqui.
      Eu tive muito estranhamento quando cheguei em SP.
      Eu não entendo porque é tão difícil ser gentil. O dia fica tão mais leve e fácil, sabe.
      E ó isso diz muita mais do outro do que nós mesmos.
      Mil beijos

    Deixe seu comentário

    This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.